Existem 3 fases da ignorância: Não saber que não sabe. Saber que não sabe. Não saber que sabe. Qual a sua?

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Atriz (e atrás) de si

No poema, certo e errado, não
Não fórmula
Mesmo mudando, será natural

No poema eu sinto
Na vida, penso

O que é muito tenso
Porque pureza dispenso
Começo a atuar

Na vida sou atriz
No poema, personagem

Vou escrever bastante, várias vezes
Pra viver o que escrevo
Sair escrevendo
Viver escrevendo

Ser personagem da vida real
Clichê que respira
Que amor aspira
Que na beira da praia senta

2 comentários:

wylly wonka disse...

gostei da forma como tu brinca com as palavras =D

Suzana Lopes disse...

você tá brincando, né?