Existem 3 fases da ignorância: Não saber que não sabe. Saber que não sabe. Não saber que sabe. Qual a sua?

domingo, 15 de novembro de 2009

Independência ou Morte

Letra muda no papel
Poeta morto
Sortudo. Mortudo.
Ama tudo
Roubo do meu jeito
Pra ficar que é meu
Que daí quero pra mim

Um canto
Um passo
Uma peça de riso
Pra desmontar-te nos sorrisos
Assim
Sem prévios avisos

Volta passado! Senta aqui do lado!

Encantada, encantadamente e calorosamente. Picante e aveludadamente,
estupendamente apaixonadamente estúpido.

Violão ao lado, sorrateira, tranquila e naturalmente.
Rotina rimando, romanticando.
Vêem, e ao ler, se escrever.
Entender,
mimando igual bebê, jogado, ou pra (continue)

4 comentários:

wylly wonka disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
wylly wonka disse...

gostei daki e adicionei;)

beijos

lavolpe disse...

oi suh to aqui com voce!

Gabicia disse...

Su, adoro seus poemas, suas jogadas com as palavras e as ironias. =P E adorei o texto anterior! Bj