Existem 3 fases da ignorância: Não saber que não sabe. Saber que não sabe. Não saber que sabe. Qual a sua?

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O título é um texto à parte.

Dia pra morrer. Dia até a morte.
Escolhi. Solta. Quis.

A curva da boca que te encosta
Na lápide de modo reto
Milagre, faça-me amor

Dia de ápice maior
Entreguei-me ao teu cheiro, cheio
Sinfonias, e passado

Não serei curva de sorriso
Tocando toques já perdidos
De falada curva
-
Disposta a acordar, assim como disposta fui me deitar
Heróis se foram, me afasto de susto (eles sabem prever)
Verdade do alarde
Esquenta completo, fumaça incontrolável

Prazeres soltos
E gestos meus que quero largar
Choros presos, ingênuo mar
Certos todos os deuses estavam

Nenhum comentário: