Existem 3 fases da ignorância: Não saber que não sabe. Saber que não sabe. Não saber que sabe. Qual a sua?

domingo, 9 de maio de 2010

Grito Escrito

O giro do trinco da porta
É belisco

Lembra um rabisco
Puxão de orelha
De mãe

Quem dera fazer timbre
Ser cor
Morrer de amor, amor, vivê-lo

Tira-me o calafrio
Mostra-me a amostra do quão boa é a falta do vazio

Dizemos. Erramos.
Falamos nada
Falhamos tudo

2 comentários:

Tu sabes quem disse...

Eis a porta, sem trinco
Esperando ser aberta
E quem sabe descoberta

As mãos que a tocam
Escondem-lhe o brilho
Da noite e dia frio

Numa tarde dominical
Escritas amargam a boca
Pela manha, estou rouca
De tanto me calar

Sabias dores vividas
Não sofridas

Por teus olhos vejo tudo
No silencio fico mudo
Para nao ter que me mostrar

seuvicio disse...

Tem q einfiar o trinco no buraco da porta prela se abrir tudo então?